sexta-feira, 31 de julho de 2015

Atualizada "Carteira blog" com fechamento hoje, fechamento mês de julho-2015, com as entradas de COMPRA de "VALE5", "GGBR4" e "CSNA3"

Atualizada "Carteira blog" no link "carteira blog", com fechamento hoje, fechamento mês de julho-2015

Já incluídas as seguintes entradas

1-  COMPRA de "VALE5" a 15,32 em 02-07-2015

2-  COMPRA de "GGBR4" a 6,11  em 24-07-2015

3-  COMPRA de "CSNA3" a 3,85 em 28-07-2015





Tava eu bebendo café e lendo o relatório do Balanço do 2o.Trimestre da PDG.....Página 5....Vendas Líquidas Contratadas...queda de 81%....R$ 71 Milhões.....até me engasguei...

Tava eu bebendo café e lendo o relatório do Balanço do 2o.Trimestre da PDG.....

Página 5....

Vendas Líquidas Contratadas...queda de 81%....R$ 71 Milhões....

Receita Líquida Operacional...queda de 47%....R$ 482 Milhões....

Dívida Líquida: R$ 5,7 Bi
Patrimônio Líquido: R$ 5,1 Bi

Eu li errado ou é isso mesmo ?

Não tô entendendo não.......tem apartamento anunciado no RJ-SP por R$ 1 milhão cada.......

1 milhãozinho.........

Tem algo errado.......não é possível.....

Veja em : http://ri.pdg.com.br/default_pt.asp?idioma=0&conta=28#ad-image-0

Em Nov-2010, PDGR3 valia R$ 10,84
Hoje....fechamento: R$ 0,24


Vamos voltar aos anos 80-90....

Ah...que bom !!!

Kid Abelha, Ira, Biquini Cavadão, "Engenheiros", "Legião".......



PDGR3, Gráfico Semanal, período 8 anos










"CRB" Commodities desceu mais um pouco em relação a 2a.feira...mínima de hoje em 202,30 e mais divergências altistas de IFR14.....mínima de 2008 na faixa de 200

"CRB" Commodities desceu mais um pouco em relação a 2a.feira...

Mínima de hoje em 202,30 e mais divergências altistas de IFR14.....mínima de 2008 na faixa de 200


CRB, Diário, escala logarítmica




CRB, SEMANAL, escala logarítmica, período 10 anos






"Esporte preferido" do mercado....bater em commodities....ou.....Crash nas commodities por todos os lados...mais uma....COBRE.....e continua o gráfico horroroso....LTB insana...divergências altistas....e mais divergência altistas de IFR14

"Esporte preferido" do mercado....bater em commodities....ou.....Crash nas commodities por todos os lados...mais uma....COBRE.....e continua o gráfico horroroso....LTB insana...divergências altistas....e mais divergência altistas de IFR14


COBRE, Diário, escala logarítmica



COBRE, SEMANAL, escala logarítmica, Período 10 anos








A "Carteira blog" havia colocado sugestão de "COMPRA" para "VIVT4" no rompimento de 42,00...não acionada, pois papel abriu em GAP de alta na 4a.feira em 44,05

A "Carteira blog" havia colocado sugestão de "COMPRA" para "VIVT4" (Telefonica Brasil PN) no rompimento de 42,00...

Não acionada, pois papel abriu em GAP de alta na 4a.feira em 44,05, rompendo a LTB que registramos abaixo...ainda fez mínima em 43,34...e ontem em 43,01...

Na semana passada, já havia colocado aqui que não havia acionada a entrada quando o papel abriu em 42,04 e caiu sem passar por 42,01....

Enfim.....seria uma boa entrada....papel fechou ontem em 44,00, depois de bater em 45,97...hoje, fechamento em 45,13

Estamos cancelando no link "oportunidades" essa entrada.....



VIVT4, Diário, escala logaritmica





Chevron e EXXON em Nova York, assim como VALE5, romperam a 1a. LTB, mas pararam na 2a.LTB

Ontem não postei gráficos

Hoje, começo a postar alguns....

Em Nova York, as 2 maiores petrolíferas do mundo produziram o mesmo comportamento da VALE5 ao longo desses últimos 40-50 das....

Vem caindo de forma bizarra, embora em percentuais distintos, mas sendo balizadas por LTB'S curtas e um pouco mais longas, algo por 2- 3 meses....

Aliás, vários e vários papéis e classes de commodities têm executado o mesmo movimento, o ue prova que "os caras"colocam no computador os mesmos algoritmos ao redor do mundo e deixam eles executando.....

Hça 4 dias, Chevron, EXXON e VALE5 romperam as LTB'S curtas , mas sentiram a LTB de 2 meses.

A VALE5, por conta do ótimo balanço publicado, abriu forte ontem com um volume gigantesco, rompendo essa LTB com folga.....mas.......mas.....em 7 horas de pregão, a perdeu......voltou a fechar abaixo.....

Ressalta-se que ontem, metade do VOLUME da VALE5 foi na primeira meia hora de pregão....

Sim !! Metade de todo o volume da VALE5 ao longo do dia foi na primeira meia hora.....nos primeiros 30 minutos !!

Por enquanto, ainda pior pra Chevron e EXXON....hoje , voltaram pro mesmo fundo de 5 dias atrás, produzindo um topo duplo curto e deixando mais uma mega divergência altista de IFR14, MACD e Histograma...

Por terras brasileiras, VALE5 ainda não voltou lá pra faixa de 13,68, fundo da segunda-feira......ainda não voltou....fechou novamente colada a LTB de 2 meses


"CVX" (CHEVRON) em Nova York, diário, escala logarítmica



"XOM" (EXXON) em Nova York, diário, escala logarítmica



"VALE5", diário, escala logarítmica






Vou começar os "trabalhos" mais cedo....vamos dar novamente uma "palhinha" sobre VALE5....volatilidade insana das commodities e da VALE...começa a dar divergências altistas cavalares de IFR14, MACD e Histograma no SEMANAL....."eu ficaria longe, muito longe da posição de "VENDA"

Vou começar os "trabalhos" mais cedo....vamos dar novamente uma "palhinha" sobre VALE5

Volatilidad einsana das commodities e da VALE...

Vejam abaixo, "VALE5" TEMPO SEMANA as divergências altistas cavalares de IFR14, MACD e Histograma 

Estamos falando tempo SEMANAL.....

Não dá pra afirmar que VALE5 irá num tempo curto novamente nos 21,10-21,50....Vejam onde passa a LTB Longa de 5 anos........mais 2-3 meses passa justamente na faixa de 21,10-21,50

Mas, nesse momento, eu ficaria longe, muito longe da posição de "VENDA".....

Ainda que possamos ir nos 12,50........cenário ainda provável se o Bovespa for nos 32.000-35.000


VALE5, SEMANAL, escala logarítmica, período 6 anos, gráfico hora 12:42, de hoje, 31-07-2015, papel a 14,63












quinta-feira, 30 de julho de 2015

Transformem os candles diários da Vale5 na antiga perna de alta nos candles horários de hoje... São os mesmos

Façam o que eu sugeri no título do post. Em março - abril. desse ano vale5 esticou de 14.20 Até 15.90...depois mergulhou ate 14.38...isso em 4-5 candles diários. Hoje fez isso em candles horários.... Incrível! Papel rompeu a primeira ltb de 40 dias.... Hoje sentiu a segunda, depois de parar em cima dela ontem. Amanha posto gráficos..... IFR14 no tempo diario sentiu a faixa de 50....baixou pra 41-42...cobre ainda feio no limite da ltb.. Mas minério de ferro ja está no nivel de 55, inclusive rompendo LTB.  MACD e histograma na compra no diário já. Volatilidade alTa ainda e por todas as Commodities... Ainda com cara de romper essa segUnda LTB pra que o papel possa buscar sua MA 200 na faixa de 17,50

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Bovespa. em 29-07-2015

Tentarei ser sucinto dada a minha limitação de postar.  Bovespa deve ir até a sua LTB curta e/ou na faixa de 52.000 - 52.500 antes de alguma mini correção ou término do repique. Como, nesse momento não trabalho com repique.
 E isso explicarei no fim de semana, essa ida ate essa faixa e mini correção sera apenas pra ganhar mais força.  O registro hoje fica por conta da perda da faixa de 0,30 da pdgr3. Fechamento em 0,28

terça-feira, 28 de julho de 2015

Não sei se conseguirei postar ainda hoje, mas a situação dos mercados nesse momento...VALE5 rompendo com volume forte LTB de 40 dias....MACD cruzando na "Compra" no diário pra "IMAT" (Índice de Materiais básicos) e VALE5...Histograma virando pra "COMPRA" no diário pra "IMAT" e VALE5.....mais....

Não sei se conseguirei postar ainda hoje, mas a situação dos mercados nesse momento...

VALE5 rompendo com volume forte LTB de 40 dias....

MACD cruzando na Compra no diário pra "IMAT" (Índice de Materiais básicos) e VALE5...

Histograma virando pra "COMPRA" (passando pra linha "acima de zero") no diário pra "IMAT" e VALE5.....

Tenho seríssimas dúvidas de que essa perna em ação seja uma perna de repique....

Mais parece a mesma perna do final de 2012....

É uma perna de repique dentro de uma LONGA TENDÊNCIA DE BAIXA do Bovespa...

Mas, não é uma perna de repique de 2,3,7 dias.......uma perna "dispensável"

Vamos tentar falar mais ao longo da semana....

E, principalmente, no final de semana.....







Compra acionada "CSNA3" na abertura em 3,85

Compra acionada "CSNA3" na abertura em 3,85 conforme sugestão postada pela manhã

Papel perigoso, como toda siderúrgica.

Ainda tem um fundo em 2005 passando em 3,48....papel fechou abaixo da mínima de dezembro-2014 em 3,81.

Mas,dada a insanidade do IFR14 em todos os tempos , principalmente diário e a divergência altista de IFR14 no SEMANAL, deixamos stop em aberto.

Resumo:

COMPRA "CSNA3" (Siderúrgica Nacional ON): 3,85
Peso: 12%
Stop: em aberto
Objetivo : em aberto





"Marketwatch" comparando o "Crash em curso" do mercado chinês com o "Crash de 1929".......esqueceu de dizer que o "Crash de 1929" já está no Brasil com as Siderúrgicas, a VALE, a Petrobrás e as construtoras há pelo menos 1 ano

"Marketwatch" comparando o "Crash em curso" do mercado chinês com o "Crash de 1929".......

Esqueceu de dizer que o "Crash de 1929" já está no Brasil com as Siderúrgicas, a VALE, a Petrobrás e as construtoras há pelo menos 1 ano


Matéria abaixo publicada hoje pelo site "Marketwatch"

http://www.marketwatch.com/story/chinas-market-may-be-partying-like-its-1929-2015-07-28


China’s market may be partying like it’s 1929

By Barbara Kollmeyer
Published: July 28, 2015 7:11 a.m. ET

The Urban Dictionary defines a rumpus as a bunch of people painting their bodies, then dancing around a big bonfire, yelling and screaming. Kind of like what’s been going on with those retail investors and Chinese stocks. After Monday’s plunge, that market swung around overnight, ending 1.7% down.

It’s the third day of a selloff that has knocked 11% off Shanghai stocks. But talk about more intervention by Beijing and word that regulators there are going to probe Monday’s selloff have calmed some nerves. That includes Wall Street’s, where stock futures are rebounding after suffering a Shanghai slam yesterday. Our call of the day, though, says Chinese stocks have a ways to go on the downside — and resistance, official or otherwise, is futile.

Again, all this makes for a decent round-table discussion at the Federal Reserve meeting that kicks off today. Some expect Chairwoman Janet Yellen may tread carefully, not wanting to excite anyone about interest rate hikes, given the market hairiness as of late.


It’s not letting up this morning, at least for oil prices. That leads to our chart of the day, which shows the one thing that could keep crude prices from falling into the abyss.

Some big earnings are on tap today, including Twitter later on. After a fifth straight decline for U.S. stock indexes yesterday — BTIG’s chief strategist Dan Greenhaus points out it’s the first such string of losses since December 2013 for the S&P 500 — investors are going to be looking for some relief.

Key market gauges
And they’re getting relief, at least in the early going, as relatively subdued Chinese stock selling inspires some gains. Futures on the Dow YMU5, +0.47% S&P ESU5, +0.54%  and Nasdaq NQU5, +0.43%  are showing a rebound is in store. The Stoxx Europe 600 index SXXP, +1.21%  is also up nicely. All that comes after the Shanghai Composite SHCOMP, -1.68%  managed to keep its losses to 1.6%, but not without the above-mentioned swings first.

Crude CLU5, +0.34% is struggling to hang onto $47 a barrel, and gold GCU5, -0.39%  is failing to make it back to $1,100 an ounce. The dollar DXY, +0.41%  is rising after a tumble yesterday.

The economy
The Case-Shiller home-price index is coming at 9 a.m. Eastern, followed by consumer confidence at 10 a.m. Eastern. The two-day Federal Reserve meeting kicks off today. A brief statement comes tomorrow at 2 p.m., but no presser has been scheduled. The big event could be GDP later this week. See our preview.

The quote
When in doubt, blame the foreigners. H/t to IG’s Chris Weston for outpointing:

Earnings
It’s a heavy lineup ahead of the open. DuPont DD, -0.37% is ticking lower premarket after trimming its outlook due to weak agricultural demand. Pfizer PFE, +0.23% Ford F, +1.11% UPS UPS, +0.39%   and JetBlue JBLU, -1.67%  are among the other early reporters. Check out Movers & Shakers for a preview.

After the close, Twitter TWTR, -2.03%  and Gilead GILD, -2.03%  will report. What to expect from Twitter’s earnings

In late trade, Baidu’s BIDU, -4.16%  profit rose, but forecasts fell short.

The call
Tom DeMark, who called the bottom for China stocks in 2013, expects the market to fall another 14% in the coming three weeks. The founder of DeMark Analytics, based in Arizona, told Bloomberg that the Shanghai Composite will likely sink to 3,200 in the weeks ahead, which will nearly erase this year’s gains. And if that level doesn’t hold, then look out below, he says.




"Carteira blog" completamente atualizada no link "carteira blog" mês a mês e com todas as alterações de dividendos, bonificações e a única liquidação de posição desse ano (que foi VALE5)

"Carteira blog" completamente atualizada no link "carteira blog" 

As planilhas foram postas mês a mês, já que não havia feito até hoje essa atualização .

Conferi, reconferi e fiz todas as alterações referentes aos respectivos dividendos, proventos e bonificações das 2 únicas posições que a "carteira blog" manteve ao longo de 2015.

A destacar a bonificação de 20% de BBDC4 efetuada em 27-03-2015

Coloquei as planilhas em modo "grande" pra ficar mais claro

No final da semana, já com o fechamento de julho-2015, colocarei a planilha de julho-2015 com as 2 entradas de VALE5 e GGBR4






Sugestão "Carteira blog"...."Compra" de "CSNA3" (Siderúrgica Nacional ON) na abertura do pregão em qualquer valor abaixo de 3,91.....caso não pegue, a entrada passa a ser considerada em 3,91

Sugestão "Carteira blog"....

"Compra" de "CSNA3" (Siderúrgica Nacional ON) na abertura do pregão em qualquer valor abaixo de 3,91.....

Caso não pegue, a entrada passa a ser considerada em 3,91

Peso:12%
Stop sugerido: em aberto
Objetivo: em aberto



segunda-feira, 27 de julho de 2015

Brad Katsuyama, o personagem destacado no post anterior, ex-Chefe Global de "mercados eletrônicos" do Royal Bank of Canada, explica logo no início da entrevista a "ilusão do book de ofertas"

Abaixo , uma das entrevistas concedidas por Brad Katsuyama, o personagem destacado no post anterior, ex-Chefe Global de "mercados eletrônicos" do Royal Bank of Canada.

Brad Katsuyama foi o personagem principal do livro "Flash Boys", de Michael Lewis, livro citado aqui no blog quando saiu no Brasil.

Brad Katsuyama maturou a indéia de criar sua "própria Bolsa" ao longo dos anos de Royal Bank of Canada......,

Todo a teia por trás do "HTF (High Frequency Trading) ou as chamadas "operações de alta frequência", onde, em tese, os computadores assumem todos os traders, compra e venda, é contada no livro.......

Em paralelo,  a formação da construção da "Própria Bolsa" de Brad Katsuyama também é contada.....ele a constrói....a "IEX"

Enfim..... logo no início da entrevista, Brad Katsuyama explica a "ilusão do book de ofertas" e cita, inclusive, o exemplo citado no livro, e resgatado no post anterior








Se você fosse fazer um algoritmo pro rompimento da LTB da VALE5, qual algoritmo você faria ?...ou....Em 2007, Brad Katsuyama, Chefe Global de "Vendas Eletrônicas" do Royal Bank of Canada, o personagem principal real do mais recente livro de Michael Lewis,"Flash Boys", apertou uma tecla pa comprar 10.000 ações da Intel a US$ 22,00 pois na parte da VENDA tinha exatamente essa ordem e "opssss"...A VENDA sumiu....

Se você fosse fazer um algoritmo pro rompimento da LTB da VALE5, qual algoritmo você faria ?

ou....

Em 2007, Brad Katsuyama, Chefe de Renda Variável do Royal Bank of Canada, o personagem principal real  do mais recente livro de Michael Lewis,"Flash Boys", apertou uma tecla pra comprar 10.000 ações da Intel a US$ 22,00. Na verdade, Brad Katsuyama era responsável por todosos tradres executados eletronicamente no Royal Bank of Canada, o que lhe dava visão prvilegiada de como as ordens poderiam e eram executadas

Continuemos na sua intenção de, num belo dia de 2007, comprar o lote de 10.000 ações da Intel a US$ 22,00

Ora...por que ele fez isso ? 

Porque ele queria comprar a esse preço e do lado esquerdo da tabela em seu monitor tinha "VENDEDOR" a esse preço de 22,00 com 10.000 de lote.

 Para sua surpresa !!!!.....

 "opssss"...A VENDA sumiu.........

Praticamente é assim que começa o mais recente livro do extraordinário Michael Lewis, o ex-trader do antigo Banco Salomon Brothers,que escreveiu entre outros excelente livros, o "The Big Short", publicado em 2008, e que conta a história de alguns poucos traders que ficaram ricos com o colapso do mercado americano em 2008,,,,,aliás, já saiu na imprensa que o livro vai virar filme.

Sigamos.....

A história acima de Brad Katsuyama é real.....e está contada no livro....

Abaixo, 2 parágrafos retirados do "The New York Times" em que a história é contada:

http://www.nytimes.com/2014/04/06/magazine/flash-boys-michael-lewis.html?_r=0

"As it happened, at almost exactly the moment Carlin Financial entered Brad Katsuyama’s life, the U.S. stock market began to behave oddly. Before RBC acquired this supposed state-of-the-art electronic-trading firm, Katsuyama’s computers worked as he expected them to. Suddenly they didn’t. It used to be that when his trading screens showed 10,000 shares of Intel offered at $22 a share, it meant that he could buy 10,000 shares of Intel for $22 a share. He had only to push a button. By the spring of 2007, however, when he pushed the button to complete a trade, the offers would vanish. In his seven years as a trader, he had always been able to look at the screens on his desk and see the stock market. Now the market as it appeared on his screens was an illusion.

This made it impossible for Katsuyama to do his job properly. His main role as a trader was to play the middleman between investors who wanted to buy and sell big amounts of stock and the public markets, where the volumes were smaller. Say some investor wanted to sell a block of three million Intel shares, but the markets showed demand for only one million shares: Katsuyama would buy the entire block from the investor, sell off a million shares instantly and then work artfully over the next few hours to unload the other two million. If he didn’t know the actual demand in the markets, he couldn’t price the larger block. He had been supplying liquidity to the market; now whatever was happening on his screens was reducing his willingness to do that."


E o que isso tem a ver com o eventual rompimento da LTB da VALE5 ?

Ora........vocês têm acompanhado aqui no blog algumas LTB'S......a da VALE5 também......

Vamos focar nela.....

A tese aqui é a seguinte.....

As compras pesadas......reais.....são feitas , muito provavelmente em pivots onde se identifica volume forte na tendência contrária a corrente....

Falei isso aqui semana passada.......quando a VALE5 subiu 6% e bateu 15,32, o volume foi de 33 milhões de papéis....

na queda, você, provavelmente consegue comprar "pouco lote"

E, quando romper ? Estamos numa LTB insana.......IFR14 com várias divergências alitstas....

Ponha uma COMPRA  COM LOTE GIGANTESCO NA HORA QUE FOR ROMPIDA A LTB....

Muito provavelmente , acontecerá o que aconteceu com a história contada do Brad Katsuyama acima....

NÃO TERÁ VENDEDOR.....A OFERTA PESADA QUE APARECERÁ NA TELA É ILUSÓRIA...

Por isso, a paulada pra cima é forte.......pois os compradores enviam ordens cavalares "muitos décimos acima", por simplesmente inexistirem vendedores reais pela frente.......

e o preço vai às alturas........a "estilingada" pra cima é abissal.....

E pra onde irá ?

Ora.....vamos ver o que  a VALE5 fez em agosto de 2012.......IFR14 abaixo de 30....deu divergÊncia altista....papel longe da MA200.......

E a primeira "estinligada" ? 

Lá na MA200.....cerca de 20% de alta em 7 dias

Vamos colocar os gráficos


VALE5, Diário......"estilingada" até a MA200 em agosto-2012




VALE5, Diário......"estilingada" até a MA200 em agosto-2012







Hoje......temos a LTB....novamente colocada abaixo, com IFR14 tocado abaixo de 30 dias atrás....

DivergÊncia altista........

Onde está a MA200 ? Lá em 17,63....e caindo

Há uma faixa-pivot em 17,40-17,50.....

É lá que eu construíria o meu algoritmo.....a primeira "estinligada"


VALE5, Diário, escala logarítmica.....ATUAL






LTA de 3 anos do índice "FTSE100", maior índice acionário de Londres

LTA de 3 anos do índice "FTSE100", maior índice acionário de Londres


Passando hoje próximo à faixa de 6.400, que também é forte suporte, junto com a faixa de 6.500.

Fechamento hoje em 6.500 pontos


FTSE100, Semanal, escala logarítmica, período 3 anos









SP500 toca novamente sua MA200.....e mais LTA'S de 3 anos de SP500 e Dow Jones

SP500 toca novamente sua MA200....gráfico abaixo.....uma enorme congestão do SP500 entre 2.040 e 2.140


Mais abaixo, tempos SEMANAIS, 2 LTA'S de 3 anos de SP500 e Dow Jones


SP500, Diário, escala logarítmica



SP500, SEMANAL, escala logarítmica, período 3 anos




Dow Jones, SEMANAL, escala logarítmica, período 3 anos







Mercado Brasil...LTB's bizarras com fortes divergências altistas de IFR14 no tempo diário.....GGBR4, CSNA3 e VALE5

Mercado Brasil...LTB's bizarras com fortes divergênicias altistas de IFR14 no tempo diário.....

GGBR4, CSNA3 e VALE5


GGBR4, diário, escala logarítmica



CSNA3, diário, escala logarítmica



VALE5, diário, escala logarítmica










Mais uma LTB bizarra de um ativo ligado às commodities : LTB da Chevron, maior petrolífera do mundo, papel negociado em Nova York

Mais uma LTB bizarra de um ativo ligado às commodities : LTB da Chevron, maior petrolífera do mundo, papel negociado em Nova York

Fortes e gigantescas divergências altistas de IFR14 no tempo diário

"CVX" (Chevron), diário, escala logarítimica





"Cobre" caminhando perigosamente sobre uma faixa-limite de 2,34-2,38

Cobre tem uma faixa perigosa a ser vista.....

No gráfico MENSAL abaixo, temos a mínima em 2007 do COBRE em 2,38.....

Em janeiro de 2006, o topo ali na faixa de 2,34, também destacada abaixo.

Desde semana passada, o ativo tem caminhado perigosamente sobre essa faixa.....hoje, fechou em 2,35, com uma LTB tão bizarra quanto a de GGBR4, CSNA3 e VALE5 no Brasil....LTB com fortíssimas divergências altistas de IFR14 marcadas abaixo

Aliás, por todo o mundo temos LTB'S bizarras em ativos ligados às commodities.....em seguida, postarei uma delas.....a da Chevron, a maior petrolífera do mundo.

CRB Commodities já está praticamente colado a faixa de 200, como dito no post anterior. 

COBRE caminhando nessa faixa com essa LTB bizarra no tempo diário......


COBRE, Diário, escala logarítmica




COBRE, SEMANAL, escala logarítmica, período 10 anos







"CRB" Commodities "desce" mais um pouco e bate 202,69 (mínima do dia) , praticamente colado à faixa-mínima de 200 de 2008

"CRB" Commodities "desce" mais um pouco e bate 202,69; mínima do dia foi 202,65

Portanto, colado à faixa-mínima de 200 de 2008

Abaixo de 200, mínima de 2002, faixa de 180 pontos

CRB, Semanal, escala logarítmica, período 10 anos








Bovespa fecha próximo à faixa-pivot de 48.000-48.500 no mais baixo IFR14 dos últimos 2 anos no tempo diário....um dos 5 mais baixos dos últimos 10 anos

Bovespa fecha próximo à faixa-pivot de 48.000-48.500 .

Fechamento em 48.740 pontos, queda de 1,04%

Essa faixa de 48.000-48.500 dá pra ser notada no gráfico semanal de 10 anos, segundo gráfico abaixo. 

No terceiro gráfico, tempo diário, também dá pra ser notada tal faixa, no entanto, o que quis ressaltar foi a faixa de IFR14 no tempo diário ao longo dos últimos 10 anos.

 Bovespa fechou hoje com IFR14 , no tempo diario, em 24,89.

Reparem que foi o mais baixo IFR14 dos últimos 2 anos.

Agora, voltem 10 anos antes.

Marquei com um círculo em azul todos os momentos em que o IFR14 bateu nessa faixa, um pouco acima, um pouco abaixo.

Marquei 7 círculos.....

O IFR14 de 24,89 de hoje é o 5o mais baixo.....

Em todos eles, levantei um grande "formato oval" para destacar o que aconteceu com o Bovespa.

Fortes altas em seguida.......quer dizer, em apenas 1 momento (marcado em azul) , o Bovespa deu continuação a um forte movimento de baixa logo em seguida a um repique.

Em todos os outros 7 momentos,  houve pernas fortes de alta. Nesse caso, inclui os 7 momentos.

No primeiro gráfico, inclui um canal de baixa, novamente resvalado hoje, já que a mínima foi a mesma da última sexta-feira.



Bovespa, diário, escala logarítmica





Bovespa, SEMANAL, escala logarítmica




Bovespa, Diário, escala logarítmica, período 10 anos
















"Bolsa e fundos imobiliários da Gávea ficam com JP Morgan", por Geraldo Samor, colunista da Revista VEJA

Notícia publicada hoje por Geraldo Samor, colunista da Revista VEJA

http://veja.abril.com.br/blog/mercados/gestores/bolsa-e-fundos-imobiliarios-da-gavea-ficam-com-jp-morgan/


27/07/2015 às 6:15 \ Gestores
Bolsa e fundos imobiliários da Gávea ficam com JP Morgan

O JP Morgan Chase bateu o martelo.

As áreas de Bolsa e de investimentos imobiliários da Gávea Investimentos ficarão com o banco americano, como parte da recompra da Gávea por Armínio Fraga. O comunicado ao mercado está no forno.

A área de Bolsa, comandada por Thomas Mello Souza, tem cerca de 1 bilhão de reais em ativos sob gestão. Souza se juntou à Gávea em 2011, quando a Gávea adquiriu sua gestora, a Águas Claras.

Rossano Nonino, responsável pelos investimentos imobiliários, está na casa desde 2012. Sua área também tem cerca de 1 bilhão de reais em ativos, e o grande âncora dos fundos é o GIC, o fundo soberano de Cingapura.

A Gávea havia montado ambos os negócios depois de ter sido comprada pelo JP Morgan. Agora, como já dissemos aqui, a Gávea vai voltar a focar nas duas estratégias que tinha antes do JP: hedge funds e private equity.

Por Geraldo Samor

domingo, 26 de julho de 2015

Dow Jones e SP500 e suas LTA'S do final de 2012 ou se preferirem do final de 2011

Dow Jones e SP500 e suas LTA'S do final de 2012


Dow Jones, Semanal, escala logarítmica, período 3anos



SP500, Semanal, escala logarítmica, período 3 anos




Dow Jones e SP500 e suas LTA'S do final de 2011


Dow Jones, Semanal, escala logarítmica, período 5 anos




SP500, Semanal, escala logarítmica, período 5 anos
 





"DJUSST" (Dow Jones Steel Index) encosta em 170 pontos, faixa-mínima de 2011

"DJUSST" (Dow Jones Steel Index) encosta em 170 pontos, mínma da sexta-feira última, faixa-mínima de 2011

DJUSST, Semanal, escala logarítmica







"CRB" Commodities bate em 204, encostando na faixa-mínima de 200 de 2008

"CRB" Commodities toou na mínima de sexta-feira última em 204, encostando na faixa-mínima de 200 de 2008

CRB, Semanal, escala logarítmica ,período 3 anos


CRB, Semanal, escala logarítmica ,período 10 anos






Fuja dos "Bancos", e não da "VALE" e das "Siderúrgicas"

O que vocês têm lido diariamente nos últimos dias, semanas e meses ?

Comprem "bancos".....e vendam siderúrgicas e VALE.....

Não vou dizer que, olhada sob uma perspectiva de "meses", a afirmação não seja, pelo menos, parcialmente correta,

Por que ?

VALE, nos últimos 8 meses está praticamente numa congestão longa, presa numa faixa "14,20-14,50 e 20,50".......vazou a faixa pra baixo de 14,20 na semana que passou; por outro lado, vazou a faixa de 20,50 pra cima no início de maio.

Os 2 principais bancos do Brasil, Bradesco e Itau, curiosamente, a despeito de "muito marketing" não foram tão bem não.

BBDC4 (Bradesco PN), por exemplo, saiu da faixa de 25,00 noinício do ano pra 32, mas já voltou pra faixa de 26,50 na semana que passou, e com muitos percalços no meio do caminho.

ITUB4 não foi diferente; saiu da faixa de 29 no início do ano e voltou para os "mesmos 29" nessa , a despeito de ter batido a faixa de 35 no início de maio.

E as Siderúrgicas ? 

USIM5 bateu a faixa de 3,33 no início do ano......deu um bom repique.....e está na faixa de 3,84, depois de bater a mínima em 3,68 no meio da semana....portanto, ainda não voltou pro ponto de início do ano

CSNA3 bateu no início do ano a faixa de 4,00 pra voltar essa semana à mesma faixa.

GERDAU PN  foi, de fato, o único papel relevante do setor que podemos afirmar , categoricamente, que sofreu um giantesco baque.....bateu na faixa de 7,70 no início do ano, já cerca de 15% abaixo da mínima de 2008 e , nessa semana que passou, bateu a faixa de 5,81....isso, pra nem falar da GOAU4 (Gerdau Metalúrgica PN)

Em Resumo, exceto o GRUPO GERDAU, Bancos , VALE e 2 grandes siderúrgicas foram negociadas, ao longo de 6-7 meses dentro de uma faixa......ainda que, com volatilidades intrínsecas distintas; isto é, as distâncias entre as máximas e mínimas foram maiores para a VALE e siderúrgicas do que para os 2 grandes bancos .

Vamos a alguns gráficos , exceto o dos bancos, que trataremos mais tarde. 
VALE5 perdendo o fundo da minima de 2008, mas VALE3, não



CSNA3, Semanal, Escala logarítmica




USIM5, Semanal, Escala logarítmica




 GGBR4, MENSAL, Escala logarítmica




VALE5, MENSAL, Escala logarítmica




VALE3, MENSAL, Escala logarítmica



Dito isso, vamos a alguns pontos.

Será que os 3 setores mencionados acima estão totalmente precificados ?
 Ou  melhor, será que os 3 setores foram precificados nesse período da forma correta ?
Será que o fundo do poço está mais próximo para a VALE e Siderúrgicas do que para os bancos ?

Será que a afirmação correta, nesse momento, não seria :

"Fuja dos bancos, e não da VALE e siderúrgicas ?

Vamos a alguns dados macroeconômicos para termos uma "pista"

1 - Capacidade instalada da indústria

Queda forte nos últimos 2-3 anos e nível atual de 2003

fonte: tradingeconomics.com-CNI (Confederação Nacional da Indústria)


2- Produção Industrial

Queda forte nos últimos 3-4 anos e nível atual de 1992-1993 (período Impeachment Collor) e de 1996-1998 (período de sobrevalorização cambial conduzida conscientemente ao longo do Plano Real dadas condições de inflação e "memória dolarizada")

fonte: tradingeconomics.com-IBGE 


3 - Confiança da Indústria

Queda forte nos últimos 3-4 anos e nível mais baixo dos últimos 11 anos


fonte: tradingeconomics.com-CNI (Confederação Nacional da Indústria)


4 - Produção de carros

Queda forte nos últimos 18 meses, voltando aos níveis de 2005 e topo de 1998 no ápice da euforia do Plano Real, depois de atingir produções recordes em 2010-2011 e 2012 em face das inúmeras desonerações ficais e incentivos de crédito, muitas vezes descontrolados, por parte do Governo

fonte: tradingeconomics.com-ANFAVEA (Associação Nacional de Veículos Automotivos)


Os 4 dados e gráficos acima dão a dimensão do estágio horroroso a que chegou o setor industrial no Brasil , aí inclusos a mineração e Construção Civil, esse último setor, certamente distorcido por uma Bolha Imobiliária que levou os preços dos imóveis no Brasil a níveis completamente surreais em contraste gritante com os níveis salariais da população.

Os dados acima têm vários fatores e que, por razões de extensão e propoósito do artigo, apenas os tangenciaremos

Mas, os dados acima mostram fundos de 12-15-20 anos no setor industrial.

Temos mais espaço pra cair  ?

Qual o cenário pra frente ?

Qual o impacto nos inúmeros subsetores da industria de uma crescente e forte desvalorização cambial em curso ?

Qual o impacto do eventual aumento da taxa de juros americana para o dólar, moeda já em forte viés de alta ?

Muitos desses subsetores estão se beneficiando, outros,talvez em maior escala se beneficiarão num futuro próximo.

Qual o impacto de um eventual impeachment para toda essa teia industrial ? As turbulências nos 3 meses seguintes serão fortes , mas e, depois ? 

Por outro lado, e o setor financeiro ?

Bancos foram precificados diante dos dados acima ?

Inadimplência, "provisão para devedores duvidosos", menores receitas com crédito, taxa de desemprego em ascensão, tudo isso somado foi precificado nos preços atuais dos bancos ?

Tivemos uma "pista" há cerca de 45-60 dias atrás olhando análise gráfica.

BBDC4 (Bradesco PN)  e ITUB4 (ITAU PN) perderam suas LTA'S Longas de 2-3 anos.Vejam abaixo:


BBDC4, Semanal, esaa logarítmica, período 6 anos




ITUB4, Semanal, esaa logarítmica, período 6 anos





Nos 2 últimos dias da semana, "ITUB4" negociou cerca de 25 milhões de papéis na "VENDA", o dobro da média do papel.......

O índice Bovespa é uma média ponderada, como qualquer outro índice...

Pare pra pensar....olhe os dados.....

Talvez, diferente do pensamento corrente, essa seja hora de "fugir" dos "BANCOS", e não da "VALE" e Siderúrgicas.

Talvez o pior tenha passado para VALE e Siderúrgicas, ainda que possamos ver uma queda aqui, outra ali, uma congestão longa aqui, outra ali.

Mas, talvez não tenhamos visto, nem de longe, o pior para os "BANCOS"




sábado, 25 de julho de 2015

Em jan-2014 escrevi um artigo em que mostro a "simetria perfeita" entre dólar e Bovespa.....cada vez mais "perfeita"

Em jan-2014 escrevi um artigo cujo título era: "A Simetria perfeita do Dólar x Bovespa", em que mostro a "simetria perfeita" entre Dólar e Bovespa

Aqui, o link: http://pracompraroupravender.blogspot.com.br/2014/01/a-simetria-perfeita-do-dolar-x-bovespa.html

Hoje, cada vez mais "perfeita"....

O primeiro gráfico, a simetria destacada no artigo em 2014

Hoje, a simetria "atualizada".......cada vez mais "simétrica" a relação "Dólar-Bovespa"


Periodo 1994-2014 (Bovespa na metade superior e "Dólar x Real" na metade inferior")


Simetria Atualizada com fechamento de 6a.feira "Dólar x Bovespa", período 10 anos (Dólar x Real na metade inferior e Bovespa na metade superior)








Bovespa em 14.500 em dólar, faixa-mínima de 2008...."EWZ" ("Bovespa operado pelos estrangeiros") em 28,50, faixa-mínima de 2008....ou...agora, melhor perguntar quem vai liderar o forte repique do que saber se vai ou não tocar a LTB Longa, hoje passando em 59.500

Muita coisa pra falar......pra ligar....."ligar os pontos".....

Vou tentar me ater a vários gráficos e deixar algumas reflexões para todos os leitores......tentarei falar pouco

Vimos nos últimos dias o Bovespa sair da faixa de 58.500 para 48.650, mínima de sexta-feira....

No meio do caminho, 1 mês parado entre 52.500 e 54.300...

Quando perdeu principalmente a faixa de 51.200 veio direto procurar a mínima de sexta-feira....

2 informações principais "saltam aos olhos" no final da semana:

O ponto em que parou na sexta-feira....49.200.....isso em dólar dá cerca de 14.500 pontos. Aliás, um pouco abaixo da mínima tocada em março desse ano em 15.000 pontos.

1- Como visto no gráfico em dólar abaixo, a mínima de 2008, Crise de 2008, foi nessa faixa (14.400)

Quem estiver interessado, no final do texto deixo uma imagem com a tabela que mostra o Bovespa em dólar desde 1968, com fechamentos anuais, o que distorce um pouco a análise; nesse caso, dá pra ver o Bovespa com fechamento em dólar em 2008 em 16.067 pontos.

2- O Índice "EWZ" , o "Bovespa operado pelos estrangeiros", teve um comportamento idêntico ao "Bovespa dolarizado"....ou seja, a faixa-mínima em 2008 foi 26,50.......em março , o indice tocou 28,80.....na sexta-feira, ontem, tocou 28,15, pra fechar em 28,75

Vamos aos 2 gráficos...."EWZ" com diário e semanal

Assim como o Bovespa, que falarei em seguida, vejam como , no tempo diário o EWZ está sobrevendido com o IFR14 abaixo de 30.

No SEMANAL, já deixa uma divergência altista de IFR14 em relação a mínima de março-2015


Bovespa dolarizado, período 20 anos


EWZ, Semanal, esccala logarítmica, período 12 anos



EWZ, diário, esccala logarítmica, período 1 ano




Agora, vamos mostrar o Bovespa por diversos ângulos e algumas "coincidências"

Se ligarmos os 2 úlitmos fundos do Bovespa, lá em 45.800 e 46.400, temos uma LTA com baixa inclinação passando em 48.800, pouco acima da mínima de 6a.feira; portanto,, o fechamento foi acima dela.

Olhando com mais rigor o tempo SEMANAL, tivemos toques com reversão em 47.800....48.500 e 48.800 nos últimos 10 anos......portanto , faixas próximas à mínima de 6a.feira.

Mais.....o IBOV está , no tmpo diário, com o IFR14 em 26, fortemente sobrevendido......

Pontos negativos não faltam....vamos listá-los

- MME13 cruzada pra baixo sobre MME21.....Modo VENDA no diário
- MACD e histograma em MODO VENDA no TEMPO SEMANAL
- Um canal de baixa que pode ser visto abaixo no tempo diário, inclusive coma base inferior tocada na mínima de 6a.feira
- Quase todos os índices setoriais já contaminados, diferente da semana passada....na semana passada havia ainda dito que o IFNC( Índice do setor financeiro)  ainda permanecia intocável......o "IEEX"(índice do setor elétrico) ainda defendia uma LTA........IFNC perdeu a importante faixa de 5.000 pontos na 6a.feira....pode voltar ? pode...mas pivotou pra baixo......IEEX perdeu a LTA e foi ""ladeira abaixo"....."IMOB" (índice do setor imobiliário) perdeu a faixa importantissima de 500....

Temos 5 meses até o final do ano.....vejam abaixo onde passa a LTB LONGA que vem lá dos 73.000 pontos.....ao final do ano passará por volta de 58.000 pontos......

Bovespa, mais do que nunca, "tocando" seu longo BEAR MARKET......Não demorará no médio prazo em visitar a faixa de 44.000-45.000

Ainda fica a dúvida se irá lá e repicar pra tocar novamente a LTB LONGA.....ou se vai tocar a LTB Longa em algum ponto entre 58.000 e 59.000 pontos até o final do ano.

Vamos inverter um pouco o "diálogo"

Temos várias condições para um bom e forte repique a partir de agora, nos próximos 2-3-4-5 dias....

Quem vai liderar  ?

Irei falar mais amanhã sobre esse cenário....

Quem acompanha o blog já imagina qual é a minha aposta......minha aposta é de que as siderúrgicas e papéis ligados às commodities liderarão....casos da VALE e Petrobrás

Algumas razões são óbvias...outras nem tanto......vamos vamos falar...

Agora, deixo os gráficos do Bovespa para análises em relação ao que foi dito acima

Bovespa, Diário, escala logarítmica



Bovespa, Semanal, escala logarítmica, período 5 anos


Bovespa, Semanal, escala logarítmica, período 10 anos




Planilha com os fechamentos anuais do Bovespa em dólar desde 1968






.